Estradas de AL e PE vão precisar de R$ 72 milhões, aponta Dnit

Só em Pernambuco, levantamento indica prejuízo de R$ 60 milhões

As chuvas que atingiram Alagoas e Pernambuco na última semana resultaram em danos às estradas da região que somam R$ 72 milhões nas estradas da região, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). De acordo com levantamento divulgado nesta terça-feira (29) pelo órgão, algumas obras de recuperação já tiveram início, outras ainda dependem do término das chuvas para serem iniciadas.

O estado que mais vai precisar de investimentos do governo federal para recuperação das estradas é Pernambuco. O Dnit estima que só para as rodovias da região sejam necessários R$ 60 milhões. Em Alagoas, os prejuízos somam R$ 12 milhões. De acordo com o departamento, a maior parte do dinheiro já está disponibilizada pelo governo federal para o começo das obras, mas devido à continuidade das chuvas, os trabalhos não podem ser intensificados.

Ainda segundo o Dnit, R$ 57 milhões devem ser disponibilizados ao governo pernambucano para a reconstrução das duas pontes sobre o Rio Una. A previsão é de que elas sejam concluídas em 180 dias.

Para Alagoas, R$ 15 milhões estão sendo empenhados na reparação da ponte do Rio Mundaú e em outros pontos afetados pela chuva. Na BR-416 em Alagoas, uma das mais atingidas pelas chuvas, a previsão é de que os trabalhos sejam finalizados até o dia 16 de julho.

Fonte: g1, www.g1.com.br