Estudante baleada no automóvel de Adriano passará por cirurgia

A jovem baleada no carro de Adriano receberá osso da bacia, pino e placa de titânio no dedo.

A estudante Adriene Pinto, atingida na mão por uma bala de pistola .40 na madrugada do dia 24 enquanto estava no interior do carro do jogador Adriano, será submetida a uma cirurgia de reconstrução do dedo indicador esquerdo. No procedimento cirúrgico, agendado para a próxima terça-feira, será enxertado tecido ósseo retirado da bacia da paciente. Também serão colocados no dedo da paciente um pino cirúrgico e uma placa de titânio.



De acordo com o cirurgião ortopedista Ricardo Laranjeiras, que comandará a operação, os procedimentos são considerados comuns e de média complexidade. "Será um processo cirúrgico de aproximadamente duas horas, se tudo correr dentro do esperado", afirmou o médico. Segundo ele, a cirurgia só acontecerá na terça-feira porque é preciso eliminar qualquer risco de infecção.

"A paciente está recebendo medicação antibiótica e antinflamatória por via venosa. Se sua recuperação evoluir como esperamos até terça-feira, a cirurgia será realizada", disse Laranjeiras.

Na manhã desta segunda, o hospital emitiu um boletim médico informando que o quadro de Adriene "é estável e sem nenhuma alteração".

Ricardo Laranjeiras realizou a primeira cirurgia em Adriene, na manhã do dia 24, quando foram reparados tendão e nervos do dedo da paciente. "Ela estava tranquila, apenas não queria olhar para o ferimento", contou o médico, completando que as chances de Adriene recuperar todos os movimentos do dedo são grandes. "Vai depender dos cuidados tomados após a cirurgia".

Fonte: UOL