Estudante de Psicologia atropela ciclista e joga braço amputado da vítima dentro de rio

Estudante de Psicologia atropela ciclista e joga braço amputado da vítima dentro de rio

O estado de saúde do ciclista é estável.

Um ciclista perdeu o braço na manhã deste domingo após ser atropelado na avenida Paulista, em São Paulo. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o motorista do carro fugiu sem prestar socorro. Posteriormente, ele se apresentou voluntariamente à polícia.

O Corpo de Bombeiros atendeu à ocorrência às 5h50, e encaminhou a vítima, o limpador de vidros David Santos Souza, 21 anos, ao pronto socorro do Hospital das Clínicas da capital. Segundo a assessoria do hospital, o estado de saúde do ciclista é estável.

O condutor Alex Siwek, estudante de Psicologia de 22 anos, foi até uma base da polícia no bairro Saúde por volta das 7h10 e confessou que levou o braço da vítima, que teria caído dentro do carro, quando evadiu do local. Ele se dispôs a refazer o trajeto da Paulista até sua residência, para que os policiais tentassem encontrar o membro, já que havia chance de reimplante.

​Mas, no percurso, o motorista confessou que arremessara o braço no rio da avenida Ricardo Jafet. As informações são do 78° Distrito Policial, para onde o condutor foi levado.

Na tarde deste domingo, o 1º Batalhão do Trânsito de São Paulo informou que ainda há dúvidas se o braço do ciclista realmente entrou dentro do carro de Siwek, uma vez que ele estava muito abalado ao prestar depoimento.

Três pistas permaneciam fechadas até as 8h30 de hoje, segundo a CET. O acidente ocorreu na esquina com a avenida Maria Figueiredo, sentido Paraíso, próximo à estação de metrô Brigadeiro.

Fonte: Terra