Estudante universitária forja o próprio sequestro por não conseguir entregar TCC

Estudante universitária forja o próprio sequestro por não conseguir entregar TCC

Na primeira versão apresentada à polícia, Susan alegou ter sido sequestrada por três homens em um veículo.

Uma estudante universitária de 22 anos, que teria sido sequestrada em Belém (PA), confessou na manhã desta segunda-feira que o suposto crime foi inventado por ela. De acordo com a Polícia Civil, Susan Paola Fadel Correia forjou o próprio sequestro por não ter finalizado o trabalho de conclusão de curso (TCC) em tempo hábil.

"Ela não queria aborrecer a mãe porque, no semestre passado, havia sido reprovada na universidade pelo mesmo motivo", contou o delegado Gilvandro Furtado, responsável pela investigação. Segundo ele, a repercussão que o caso ganhou assustou a universitária.

Na primeira versão apresentada à polícia, Susan alegou ter sido sequestrada por três homens em um veículo, na avenida Almirante Barroso. Ela afirmou ter sido mantida em um cativeiro, com os punhos amarrados, por cerca de 24 horas, quando foi libertada pelos sequestradores. A jovem teria, então, pedido um celular emprestado de um homem que passava pela rua e entrado em contato com sua mãe, explicando que não sabia onde estava. Um casal de amigos, que estava próximo ao local, ajudou a jovem a voltar para casa.

Durante a confissão, ela contou que passou o tempo do falso sequestro hospedada na casa de um amigo. A jovem, no entanto, diz que esta pessoa e o casal que a levou para casa não têm participação na farsa. Tudo teria sido planejado pela estudante.

Susan Paola foi indiciada por falsa comunicação de crime, mas foi liberada. De acordo com o delegado responsável pelo caso, a polícia continuará investigando a participação de outras pessoas na farsa. "Ela alega que o dono da casa e o casal não têm participação no crime. Mas, a esta altura, a palavra dela não é confiável", declarou Furtado.

Fonte: Terra