Estudante vítima de bullying assistirá a aulas acompanhado da mãe

Decisão foi tomada pela Polícia Civil, Conselho Tutelar e a escola

Um estudante de 9 anos de Rubiácea, a 558 km da capital paulista, que vinha sofrendo bullying por parte de colegas de escola, vai assistir às aulas junto com a mãe. Essa foi a solução encontrada pela Polícia Civil, Conselho Tutelar e a escola para que o garoto não seja reprovado.

A partir do próximo ano, o menino deve estudar em outra escola, em Guararapes. A polícia ouviu professores, alunos e funcionários da escola. O delegado Getúlio Nardo, responsável pelo caso, informou que todos se comprometeram a evitar situações semelhantes na escola.

De acordo com ele, a polícia procurou agir de maneira a educar, em vez de punir os estudantes.

Fonte: g1, www.g1.com.br