Estudantes da UFMA promovem "Beijaço" contra a homofobia

Estudantes da UFMA promovem "Beijaço" contra a homofobia

Movimento é uma resposta às manifestações de homofobia nas redes sociais.

Cerca de 40 estudantes da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) participaram do "Beijaço" nesta quinta-feira (9), na escadaria do Centro de Ciências Humanas (CCH). O movimento foi uma resposta às manifestações de homofobia de alguns estudantes nas redes sociais, após uma polêmica envolvendo a escadaria do prédio.

Segundo informações dos estudantes, uma aluna de Artes Visuais teria pintado a escadaria principal de acesso ao prédio com as cores do arco íris, deixando a intervenção artística aberta a interpretações.

Este mês, uma passagem bíblica foi pichada nos degraus da escada fazendo referência à aliança de Deus com os homens e ao significado do arco íris. A foto da pichação foi postada nas redes sociais, despertando comentários homofóbicos como o que segue, feito por uma mulher:

?Arco Íris, símbolo da ALIANÇA DE DEUS com o homem... e não entre pessoas do mesmo sexo! Abençoado seja a pessoa que teve coragem de escrever isso na escadaria da UFMA. TENHAMOS CORAGEM PARA PREGAR O EVANGELHO POR TODO O MUNDO não nos deixemos limitar e abalar com comentários".

A estudante de Serviço Social, Camila Castro, 21, executiva estadual da Assembleia Nacional dos Estudantes - Livre (Anel), movimento que apoia o combate ao racismo, machismo e homofobia, declarou, em texto publicado no blog da Anel, que acompanhou "muitas declarações de medo através do facebook".

"É preciso respeito e justamente por isso é preciso, cada vez mais, que pintemos escadas o máximo que pudermos. Pintemos a vida com o orgulho de sermos iguais na diferença, construindo no dia a dia "um mundo onde sejamos socialmente iguais, humanamente diferentes e totalmente livres", frisou a estudante.

Fonte: G1