Estudantes piauienses serão avaliados por progama internacional

Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa)

Durante todo o mês de maio, 1.764 alunos piauienses, nascidos no ano de 1999 e matriculados entre o 8º ano do ensino fundamental e o 3º ano do ensino médio, farão o exame do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). A iniciativa avalia os resultados nacionais a fim de trazer melhorias para o ensino básico.

O exame agrega conteúdos nas áreas de Ciências, Matemática e Língua Portuguesa. Para 2015, Norma Ramos, gerente da unidade de ensino aprendizagem da Secretaria de Educação e Cultura (Seduc), afirma que, além dos conteúdos programados, também são focadas as áreas de ciências e letramento financeiro. Com o resultado, o Brasil será comparado com outros países que serão utilizados para o desenvolvimento de políticas públicas.

Além disso, são avaliados estudantes das redes estadual, municipal, federal e alunos matriculados na rede privada de ensino. Segundo a gerente Norma Ramos, o estudante é selecionado por níveis. ”As escolas selecionadas mandam a relação dos alunos para o Inep que realiza uma amostragem. Logo, o instituto seleciona quais alunos farão o teste através de convite”, finaliza.

Os estudantes da rede estadual já iniciaram o exame. Segundo a gerente, até 29 de maio, data final da aplicação, os alunos fazem a prova por meio da tecnologia. “Os aplicadores chegam com material dentro de sala de aula e aplicam a prova através do computador. Além disso, são divididos em dois turnos. Durante a manhã, são aplicadas as provas das disciplinas de Português, Leitura e Ciências. Em seguida, letramento financeiro”, destaca.

De acordo com a Seduc, houve um aumento do número de estudantes em relação a última edição. Cerca de 756 estudantes matriculados em 18 escolas farão o exame. Os jovens são dos municípios de Teresina, Picos, Campo Maior, Colônia do Gurguéia, Piripiri, Valença do Piauí, José de Freitas, Padre Marcos, Sussuapara, Avelino Lopes, Pedro Laurentino, Jacobina do Piauí, Queimada Nova e Corrente.

O Pisa é realizado a cada três anos em todos os 34 países membros. Em todo Brasil, cerca de 33 mil jovens farão o exame que é coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O levantamento será por meio de computadores e as informações contextuais serão coletadas através do questionário do aluno, questionário do professor e questionário da escola.


Fonte: Pollyana Carvalho e Daniely Viana