Estudo aponta que 2014 poderá ser o ano mais quente desde 1850

Conferência Climática das Nações Unidas, a COP 20, em Lima, no Peru.

Dados divulgados pela organização Meteorológica Mundial (OMM) , na Conferência Climática das Nações Unidas, a COP 20, em Lima, no Peru, mostraram que o ano de 2014 poderá ser o mais quente desde 1850.

De acordo com a agência pertencente a ONU (Organização das Nações Unidas), a temperatura na superfície da terra, de Janeiro a Outubro deste ano, passou de 14,57 graus centígrados 0,57ºC acima da média entre os anos de 1961 e 1990. Em 2005 e 2010, foi registrado recorde de 0,55 grau centígrado.

Segundo o secretário-executivo da OMM, Michel Jarraud, o aumento é provocado pela emissão de gases. “As emissões recordes de gases-estufa associadas às concentrações de gases na atmosfera estão levando o planeta para um futuro incerto e inóspito”, afirmou. “O que vimos neste ano é consistente com o que esperamos de um clima em mudança”, destacou o secretário.

O estudo foi realizado a parir da análise de dados fornecidos pela agência espacial americana, a Nasa; Agência Americana Oceânica e Atmosférica, a NOAA, e o Met Office, da Universidade de East Anglia, no Reino Unido.

Fonte: G1