Ex-aluno de jornalismo da USP passa de novo no vestibular da Fuvest no mesmo curso

Ele é um dos milhares de vestibulandos ansiosos para saber o resultado da Unicamp

O estudante David Fernando Levon Alves, 20 anos, é um dos milhares de vestibulandos ansiosos para saber o resultado da Unicamp, que será divulgado nesta quinta-feira (4). "Quero muito estudar engenharia mecânica na Unicamp", conta o morador de São José dos Campos.

Ao mesmo tempo, ele conta que está tranquilo porque foi bem nas provas e já garantiu uma vaga no curso de jornalismo da Universidade de São Paulo (USP) _pela segunda vez.

É que ele já passou outra vez no vestibular da Fuvest em 2006 e era também em jornalismo. "Eu cursei um ano na ECA [Escola de Comunicações e Artes], mas cancelei a matrícula para tentar engenharia, pois gosto mais dessa área", conta.

E por que prestar jornalismo de novo na Fuvest e não engenharia na Escola Politécnica? "A prova para a Poli é mais difícil do que na Unicamp. E, como tenho uma formação mais voltada para humanas, achei que talvez não conseguisse passar por conta da concorrência."

Ele atribui a interrupção do curso de jornalismo a uma certa imaturidade na época. "Eu acho que me precipitei quando saí da primeira vez na ECA, mas, se não passar na Unicamp, vou fazer de novo jornalismo e continuar estudando para entrar em engenharia, quem sabe até no ITA."

O vestibulando explica que, na área de jornalismo, gostaria de trabalhar na editoria de esportes e cobrir automobilismo. "A área automobilística é também a que quero atuar como engenheiro."

Fonte: g1, www.g1.com.br