Ex-mulher de Jackson abandona briga pelos filhos após acordo milionário

"Um membro da família mencionou US$ 3 milhões e outro, US$ 5 milhões.

A ex-mulher de Michael Jackson, Debbie Rowe, mãe biológica dos filhos mais velhos do rei do pop, aceitou desistir de qualquer briga judicial pela guarda das crianças em troca de um acordo multimilionário, segundo revelações da imprensa americana nesta terça-feira (14).

"Um membro da família mencionou US$ 3 milhões e outro, US$ 5 milhões. Acho que é algo entre estas duas cifras", disse ao canal ABC News Stacy Brown, apresentada como confidente da família Jackson e coautora da biografia de 2005 "Michael Jackson: The Man Behind the Mask".

Rowe esteve casada com Jackson entre 1996 e 1999, tendo concebido Prince Michael, 12, e Paris, 11, durante esse período.

A ex-assistente do dermatologista de Jackson poderá manter o direito de visita às crianças como parte do acordo que garantiria à Katherine Jackson, a mãe do cantor, a custódia dos menores, segundo a vontade expressa pelo intérprete de "Thriller" em seu testamento de 2002.

Em reportagem divulgada nesta terça-feira, o jornal "New York Post", que cita fontes não identificadas da família Jackson, também afirma que Rowe fez um acordo de US$ 4 milhões para desistir de qualquer tentativa de obter a guarda das crianças.

Por enquanto, nem os advogados de Katherine Jackson nem de Rowe puderam ser contactados.

O destino dos três filhos de Michael Jackson --Prince Michael, 12, Paris, 11, e Prince Michael 2º, 7 --, tem estado no centro de interesse da imprensa desde a morte súbita do cantor no dia 25 de junho, quando sofreu uma parada cardíaca em sua casa de Los Angeles.

O menino mais novo é fruto de um acordo com mãe de aluguel de identidade desconhecida.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br