Ex-prefeito Ruy Gonzalez sofre infarto dentro de penitenciária e morre

Político estava preso por envolvimento com uma quadrilha do litoral de SP

O ex-prefeito Ruy Gonzalez, que foi chefe do executivo de Guarujá, no litoral de São Paulo, na década de 1990, morreu na manhã desta quinta-feira (24). Gonzalez, que também foi deputado estadual, estava preso por ter sido condenado a cumprir pena por envolvimento com a quadrilha que sequestrou a família do gerente de um banco na Baixada Santista.

Segundo informações passadas por familiares de Gonzalez, o político passou mal no início da manhã, na penitenciária de Tremembé, e acabou falecendo pouco tempo depois.

O velório de Gonzalez acontecerá na Câmara Municipal de Guarujá e será aberto ao público. A prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, determinou luto oficial por sete dias no município. O luto foi instituído pelo decreto nº 10.616, que será publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (25), e não prejudicará o expediente normal nos órgãos da prefeitura.

Ruy Gonzalez foi prefeito de Guarujá pelo Partido Social Democrático (PSD) entre 1993 e 1996. A administração de Gonzalez contou com várias acusações, como por exemplo um envolvimento com superfaturamentos durante a gestão. A oposição, na época, tentou um impeachment contra o prefeito, sem sucesso.

Fonte: G1