Exército vai reforçar fiscalização na fronteira no RS

Soldados vão atuar no controle da fronteira e esclarecer viajantes. Homens devem receber treinamento da Anvisa

 Homens do Exército deverão reforçar o trabalho de fiscalização na fronteira do Rio Grande do Sul com o Uruguai e Argentina a partir da próxima semana. As equipes vão atuar no controle da fronteira, ajudar a divulgar informações sobre a prevenção contra a nova gripe e esclarecer os viajantes.

Os soldados deverão receber treinamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No Sul do país, a preocupação é com a proximidade com a Argentina. Somente em Uruguaiana, no Oeste do Rio Grande do Sul, cerca de 15 mil caminhões passam pela fronteira todos os meses.

Na cidade, a Anvisa distribui panfletos com informações sobre a doença. Um posto de saúde foi montado no porto seco, para atender caminhoneiros que apresentam sintomas de gripe. Na região Noroeste do estado, o controle da fronteira com a Argentina é feito por enfermeiras e pela Receita Federal. Os viajantes que entram no Brasil pelo porto da cidade de Tiradentes do Sul são cadastrados e recebem máscaras.

Fonte: g1, www.g1.com.br