Strans vê deficiências em pontos de ônibus de Teresina

Strans vê deficiências em pontos de ônibus de Teresina

Ele assumiu a consciência de que a frequência dos ônibus é uma questão de prioridade para o teresinense

O superintendente do STRANS, Pang Yen Hsiao, após passar 25 minutos exposto ao sol em uma parada de ônibus entre as ruas Olavo Bilac e São Pedro, no centro de Teresina, assumiu a consciência de que a frequência dos ônibus é uma questão de prioridade para o teresinense.

?A gente precisa melhorar o tráfego dos ônibus para que o serviço de transporte público tenha qualidade e que as pessoas possam cada vez mais utilizá-lo?, disse.

Para ele, a precariedade das paradas de ônibus pareceu perder força diante de uma necessidade que ele considerou bem maior. ?Uma sombra ajudaria bastante, mas o mais importante para ajudar o usuário do transporte público é ter os ônibus nos horários certos e não ter que esperar muito?.

Teresina tem 2200 pontos de ônibus. Calçadas curtas e espaço para cadeirantes estão entre as necessidades reconhecidas pelo superintendente. ?Se a gente colocar um abrigo o cadeirante não passa. Tem que ser mais criativo?. Ao ser questionado pelo repórter Pedro Borges, da Rede Meio Norte, Pan Yen, afirma que há projetos de melhoria dos pontos de ônibus, mas sem prazo de execução.

Fonte: Denison Duarte