FAB mostra local onde são feitas buscas a vítimas da queda de avião na Amazônia

A aeronave, com 11 pessoas, realizou, na quinta-feira (29), um pouso forçado no Igarapé Jacurapá

A Aeronáutica recomeça, neste domingo (1º), o trabalho de buscas pelo suboficial Marcelo dos Santos Dias, mecânico do C-98 Caravan, que ainda está desaparecido. Ele era um dos tripulantes do avião da Força Aérea Brasileira (FAB).

O Comando da Aeronáutica informou que um helicóptero HM-3, do Exército Brasileiro, militares e índios da tribo marubo participam da operação. Nove ocupantes do avião sobreviveram. João de Abreu Filho, funcionário da Funasa, foi encontrado morto no avião sumerso.

A aeronave, com 11 pessoas, realizou, na quinta-feira (29), um pouso forçado no Igarapé Jacurapá, na margem direita do Rio Ituí, afluente do Rio Javari, estado do Amazonas. Os militares que participam da operação de resgate estão realizando mergulho no igarapé onde o avião encontra-se submerso. Paralelamente, índios voluntários estão percorrendo as margens do Rio Ituí fazendo buscas até o Igarapé Jacupará.

Ato ecumênico

Os sobreviventes do acidente com o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) vão realizar um ato ecumênico em Atalaia do Norte (AM), nesta quarta-feira (4). A cerimônia será feita em agradecimento pelos que sobreviveram e em homanegam ao funcionário da Funasa que morreu.

"Vamos convidar o bispo e o arcebispo do Amazonas para realizar o ato, além dos índios da região. Acredito que a direção da Funasa também esteja presente em Atalaia do Norte para a homenagem", disse Domingo Xisto, chefe de comunicação da fundação.

O corpo da vítima será levado para Cruzeiro do Sul (AC) para procedimentos formais. Depois, segundo o Comando da Aeronáutica, o corpo deve seguir depois para Tabatinga (AM).

Grávida conta como foi o acidente

A enfermeira Jositéia Vanessa de Almeida, que está grávida de três meses, é uma das sobreviventes da queda do avião da FAB. Após receber alta do hospital de Cruzeiro do Sul (AC), ela chegou a Manaus na noite deste sábado (31), onde reencontrou a família.

Ela revelou como conseguiu sair da aeronave. ?Eu segui todas as orientações do comandante, que antes mesmo da queda da aeronave tinha dito para todos nós sairmos pela porta traseira da aeronave?, afirmou.

Acidente

O avião Cessna C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira (FAB) desapareceu na região da Amazônia, na manhã desta quinta-feira (29). A aeronave transportava sete pessoas a serviço da Funasa e quatro tripulantes.

O grupo viajava de Cruzeiro do Sul (AC) e para Tabatinga (AM). A equipe da Funasa havia usado o município de Cruzeiro do Sul como base para uma operação de vacinação de indígenas realizada no Vale do Javari, também em Atalaia do Norte (AM).

Leia a nota oficial

"O Comando da Aeronáutica e a Fundação Nacional de Saúde informam que as equipes de busca encontraram o corpo do Sr. João de Abreu Filho dentro da aeronave C-98 Caravan da Força Aérea Brasileira (FAB), que está submersa a 6 metros de profundidade no igarapé Jacurapá, no Amazonas.

Prosseguem as buscas ao Suboficial Marcelo dos Santos Dias. "

Fonte: g1, www.g1.com.br