Falha em equipamento eletrônico é causa do apagão no Nordeste

O cartão de proteção é um equipamento eletrônico que atua na proteção das estações.

O secretário-executivo do Ministério de Minas de Energia, Márcio Zimmermann, informou nesta segunda-feira (7) que um defeito em um cartão de proteção da subestação de Luiz Gonzaga, em Pernambuco, foi a causa do apagão que atingiu oito estados no Nordeste entre a noite de quinta-feira (3) e a madrugada da última sexta-feira (4).

O cartão de proteção é um equipamento eletrônico que atua na proteção das estações. Segundo Zimmermann , o cartão emitiu um falso sinal de que havia uma falha no disjuntor, o que provocou o desligamento da estação. A partir daí, houve um "efeito-cadeia" que acabou desligando boa parte da energia no Nordeste.

De acordo com o secretário, ainda não se sabe qual foi o motivo que fez o cartão emitir um falso alarme e desligar a estação. "A manutenção do cartão estava rigorosamente em dia. A última foi feita em outubro", disse, afirmando que manutenções preventivas desses equipamentos eletrônicos ocorrem a cada quatro anos.

Depois do apagão, a presidente Dilma Rousseff determinou um reforço na fiscalização e manutenção do sistema de energia do país.

O problema no equipamento eletrônico da subestação já havia sido apontado pelo diretor de operações da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Mozart Bandeira Arnaud, como a possível causa para o blecaute.

"Houve uma falha em um componente eletrônico, a cartela, que faz parte do sistema de proteção da subestação. Sem ter havido nenhum problema, por um defeito eletrônico, ele deu ordem para desligar a subestação. Isso às vezes pode acontecer, mas como a instalação era muito grande, os efeitos foram sentidos em várias regiões", afirmou, na sexta.

Nesta segunda-feira, uma equipe de técnicos da Chesf analisava no Rio de Janeiro as causas da falha no equipamento.

Sistema "robusto"

O apagão atingiu Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Sergipe, Piauí e Rio Grande do Norte entre a noite de quinta e início da madrugada de sexta. "Esses estados ficaram isolados do sistema", disse o ministro Edison Lobão, em entrevista na sexta.

Segundo ele, o sistema elétrico brasileiro é "robusto e moderno", mas que está sujeito a falhas. "O nosso sistema funciona muito bem. Tem falhas. (...) Existem falhas em todos os sistemas do mundo", disse.

Fonte: g1, www.g1.com.br