Falta de sinalização causa acidentes em obra de galeria

Se antes da obra os moradores sofriam com alagamentos, agora os transtornos são outros

Os moradores da rua Monsenhor Esaú Pedreira, no Bairro Comprida, região do Grande Dirceu, estão reclamando do elevado número de acidentes que tem acontecido no local nas últimas semanas. As ocorrências se devem à falta de sinalização das obras de uma galeria que está sendo construída na rua.

Se antes da obra os moradores sofriam com alagamentos, agora os transtornos são outros. Segundo eles, é muito comum, pessoas que não moram na região se acidentarem no local. A rua é asfaltada, o que facilita o tráfego de veículos em alta velocidade. Por não ter sinalização, veículos acabam se jogando na obra.

Nas últimas semanas, segundo os moradores, duas motocicletas e um carro se chocaram contra a obra, pois quando quem dirigia os veículos percebeu que havia a construção de uma galeria no local, já não dava mais para parar.

"O motorista do carro, quando viu que havia uma obra, começou a frear, mas não parou a tempo. No dia seguinte dava para ver as marcas dos pneus do carro no chão, mas infelizmente ele se acidentou", disse Francisco Soares de Oliveira, que mora nas proximidades de onde ficará a nova galeria.

Francisca Soares Neto também mora na Rua Monsenhor Esaú Pedreira e conta que já soube de pelo menos três acidentes mais graves no local, além dos mais simples. "Certa vez, estava chovendo e um motociclista vinha na rua e não teve como evitar a queda, quando chegou à obra", disse.

Além disso, quem não sabe da construção da galeria, acaba entrando na rua e tendo que voltar quando se depara com a obra. "Os motoristas ficam irritados, quando chegam aqui e percebem que não poderão passar.

Acho errado não ter sinalização, avisando da existência da obra. Um dia desses, uma senhora, que dirigia um carro ficou muito chateada com isso", afirmou o morador da rua.

Fonte: Pollyana Carvalho