Faltam mil homens no quadro de Bombeiros do Piauí

Faltam mil homens no quadro de Bombeiros do Piauí

Segundo informações da corporação, hoje já há uma deficiência de 1.050 nos Bombeiros do Piauí.

A deficiência no número de pessoal no Corpo de Bombeiros do Piauí é um dos maiores problemas enfrentados pela corporação hoje, segundo o depoimento de alguns soldados. De acordo com informações da corporação, hoje há uma deficiência de 1.050 homens, já que a lei prevê que o Estado do Piauí deverá dispor de 1.400 bombeiros para suprir a necessidade da população. Hoje a corporação conta com apenas 250 homens.

Para os soldados, essa deficiência traz como consequência mais trabalho e, consequentemente, uma jornada cansativa. " A escala fica apertada, trabalhamos mais do que deveríamos, tudo isso por que o nosso efetivo é muito inferior ao número de bombeiros necessários para atendet o estado. O bombeiro tem que ter amor pela corporação, tem que ter amor pela corporação, até mesmo porque o salário não é proporcional com a quantidade de trabalho", disse um dos soldados, que não quis se identificar.

Outra reclamação dos bombeiros é em relação ao material individual usado por eles na hora das ocorrências. Segundo os soldados, esse material é insuficiente e precisa ser dividido, outras vezes eles trabalham sem equipamentos. "Os equipamentos que deveriam ser individuais, às vezes são coletivos. Outras vezes trabalhamos sem eles", reclamou outro soldado que também não quis se identificar.

Fonte: Efrem Ribeiro