Família brasileira de Sean recebeu notícia apenas por celular

Telefones do menino e de David estão sem sinal, diz advogado

 A família brasileira do menino Sean Goldman, de 9 anos, recebeu uma mensagem de texto do celular dele, escrito “cheguei”, após quase 48 horas depois dele partir para os Estados Unidos com o pai biológico, David Goldman.

A informação é do advogado da família Bianchi, Sérgio Tostes. E a avó materna do menino, Silvana Bianchi, confirmou neste domingo (27) que em seguida recebeu uma mensagem de voz no celular, dizendo "Nona, cheguei aqui. Tô muito feliz. Um beijo, tchau". Segundo ela, a voz de Sean era muito chorosa. Ambas as mensagens foram através do celular de David, informou ela.

"Cada dia que passa estou pior. A irmã dele passa o dia inteiro chamando o irmão. Ela passa na porta do quarto dele chama ele", disse Silvana. Ela contou que pretende visitar o neto assim que a Justiça permitir. Sean seguiu para Orlando na manhã de quinta-feira (24), depois de uma longa disputa judicial entre as duas famílias pela sua guarda. As mensagem de celular, de acordo com a avó, teriam chegado na sexta-feira (25).

Segundo Tostes, a avó materna do menino, Silvana Bianchi, já ligou “inúmeras vezes” tanto para o celular que Sean levou do Brasil, quanto para o de David, mas ambos estão sem sinal. Ele afirmou que irá acionar o Ministério das Relações Exteriores nesta segunda-feira (28), para tentar contato com Sean e também negociar a visitação da avó nos Estados Unidos. “O ministério tem a obrigação de atender brasileiros que estão fora do país. Não vou falar com a embaixada brasileira em Washington, vou direto no ministério”.

Fonte: g1, www.g1.com.br