Família lamenta morte de garota por overdose em THE

Família lamenta morte de garota por overdose em THE

A morte de N.F.N foi decretada às 17 horas desta quarta-feira

Francisco Alves, avô da menor N.F.N que morreu por overdose na última quarta-feira(02) na Vila Irmã Dulce, deu um depoimento emocionado à rede Meio Norte e afirmou que, após lutar para tirá-la do mundo das drogas e não conseguir, precisou pedir ajuda financeira de amigos para retirar do Instituto Médico Legal (IML) o corpo da própria neta para levá-lo ao Cemitério.

?Eu vivo sofrendo uma situação que eu não quero para ninguém?, disse o avô após relatar que a própria filha, mãe da menor, foi agredida recentemente de forma brutal ao tentar tirá-la de confusões por causa das drogas.

A morte de N.F.N foi decretada às 17 horas desta quarta-feira, fato presenciado por familiares, vizinhos e amigos. ?Várias tentativas foram feitas pelo padrasto para tirar a menor do mundo das drogas. Eu cheguei a acompanhar o caso dela de perto, dando o maior apoio, mas os amigos vinham e ela começava de novo?, disse uma vizinha.

Dados da Polícia Militar apontam que a cada dez mulheres presas, oito tem envolvimento com o tráfico de entorpecentes. A sedução para as drogas, segundo a PM, está na ilusão do dinheiro fácil, dificuldade financeira, compromisso familiar, o que a faz entrar no mundo do crime.

?Ela sofria bastante, mas ela sempre quis. Ela passou dois meses internada no hospital do Mocambinho e voltou bem recuperada. Depois de uma semana ela se desviou de novo para o caminho das drogas. Muitas pessoas influenciavam, quando vinham para a casa dela e ofereciam a droga para ela?, disse uma amiga da menor.

Fonte: Denison Duarte