Famíliares de 'maníaco' morto após ser espancado em cela da Delegacia de Piripiri pedem justiça

Neste sábado (14), antes do sepultamento, familiares e amigos realizaram uma manifestação em frente à Delegacia pedindo justiça.


Familiares e amigos de Paulo Raposo, mais conhecido como "Maníaco da Moto", morto vítima de espancamento e tortura em uma das celas anexadas ao Complexo de Delegacias de Piripiri, cidade localizada a 164 km de Teresina.

Raposo foi levado para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT), mas não resistiu e morreu. Ele estava preso preventivamente acusado de estupro. Neste sábado (14), antes do sepultamento, familiares e amigos realizaram uma manifestação em frente à Delegacia pedindo justiça.

Nas redes sociais, amigos desabafam e lamentam a morte de Paulo Raposo. Os moradores do município ficaram divididos sobre a situação de sanidade mental de Paulo, mas a maioria concorda que, independente do que ele possa ter cometido, ele não merecia ser assassinato.

 

Fonte: Piripirireporter