Famílias são obrigadas a comprar água para não morrer em Picos

76 municípios do Piauí enfrentam dificuldade no abastecimento de água por causa da seca no PI

O Exército anunciou a retomada da Operação Pipa para socorrer as vítimas da seca no Piauí. Cerca de 600 mil pessoas sofrem com a falta de água no estado.

Os pedidos de ajuda não param de chegar à sede da Defesa Civil em Teresina. Setenta e seis municípios do Piauí enfrentam dificuldade no abastecimento de água por causa da seca.

A situação é mais grave na região do semiárido.

No município de Picos, as famílias são obrigadas a comprar água, para não morrer de sede. ?A gente deixa de comprar o remédio para o doente, o alimento para a gente comer, para poder comprar água?, reclama o agricultor Francisco Moura.

O governo do Piauí encaminhou ofício à Defesa Civil Nacional pedindo auxílio para amenizar os efeitos da seca.

O atendimento emergencial às vítimas da seca deve ser feito pelo Exército que anunciou, na quarta-feira (16), a retomada da Operação Pipa no estado. De imediato, 30 municípios vão ser beneficiados com o fornecimento de água.

?O Exército, como já tem tradicionalmente a experiência de trabalhar com a Operação Carro-Pipa, vai fazer o socorro imediato. O Exército tem um contingente muito grande de homens e esse pessoal já está em atividade. É um ato contínuo, é questão mesmo de dias para a operação começar a ser operacionalizada no Piauí?, afirmou o diretor da Defesa Civil estadual, Jorgeney Moraes.

Fonte: g1, www.g1.com.br