FAP se destaca no Desafio Sebrae

Desde 2006, a FAP conquista o primeiro lugar como marca de faculdade empreendedora

A palavra que caracteriza o Desafio Sebrae, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Pequenas e Micro Empresas, é "prática", principalmente, no empreendedorismo, e nesse aspecto a FAP – Faculdade Piauiense é destaque. Desde 2006 a FAP, ainda no seu primeiro ano de curso de administração, conquista consecutivamente no primeiro lugar a marca de faculdade empreendedora. Através da disputa criada entre as Instituições de Ensino Superior (IES), o Sebrae reconhece dois prêmios: o de "Instituição Empreendedora", aquela que tem a maior quantidade de alunos inscritos no jogo, e o de "Professor Empreendedor", aquele que é o mais indicado pelos alunos nas inscrições feitas em todo o Estado do Piauí. “Este jogo tem como ideia básica estimular os universitários para que busquem outras alternativas para a vida profissional com foco na visão empreendedora e na capacidade de formular novas estratégias para atuar no mercado”, explica Delano Rodrigues, superintendente do Sebrae no Piauí, destacando que mobilizar o maior número possível de estudantes a participarem desse que é o maior jogo empresarial do mundo, voltado para universitários de todo o país, é uma iniciativa que coloca a Faculdade Piauiense como vencedora na competição, sendo empreendedorismo uma característica do adminstrador contemporâneo. Para Delano “a FAP está de parabéns por se inserir entre as três instituições de ensino superior vencedoras da etapa estadual do Desafio Sebrae”, afirma, referindo-se à conquista da FAP consecutivamente do podium de primeirissimo lugar como instituicão empreendedora do Estado do Piauí, nos anos 2006, 2007, 2008, 2009. Essa conquista, sempre com um número expressivo de alunos, o que reflete o trabalho da equipe de professores na implantação de atividades e programas que instigam o desenvolvimento do perfil empreendedor do alunado.

PROFESSOR EMPREENDEDOR - Essa participação maciça dos estudantes tem duas referências: as professoras Jananayna Tavares e Adriana Pachêco, ambas detentoras do título de “Professor Empreeendedor”. Adriana Pachêco, hoje diretora acadêmica da FAP, foi reconhecida como “Professor Empreendedor” já no primeiro ano do curso de Administração da FAP em 2006, abrindo caminho para que a instituição e seu corpo docente apostasse cada vez mais no envolvimento dos alunos no jogo. Nos três anos seguintes, a professora Jannayna Tavares, atual coordenadora do curso de Administração da FAP-Teresina, conquistou o título, graças ao seu esforço próprio e por ser o curso de Administração voltado para incentivar o empreendedorismo. O ano passado, além de repetir o primeiro lugar como ‘Instituição ‘Empreendedora’, a FAP também ficou com os três prêmios de indicação de ‘Professor Empreendedor’. Todas professoras do curso de administração da instituição FAP, a professora Mara Ágda Pacheco ficou em 3º lugar, Jannayna Tavares em 2º, e repetindo a premiação de 2006, a professora Adriana Pachêco levou o 1º lugar. “Acho que o prêmio é muito importante tanto para alunos, como para professores. Para professores é um reconhecimento do nosso trabalho, para os alunos uma oportunidade de vivenciar o contexto existencial do mercado de trabalho. Mesmo não ganhando o aluno tem a oportunidade de aprender com o erro”, afirmou Adriana. “Um dos critérios para a escolha do “Professor Empreendedor” é a capacidade desse professor em mobilizar os alunos a participarem do Desafio, mostrando a importância única dessa oportunidade. Como nosso curso é direcionado para orientar os alunos na geração de emprego e renda e o Desafio Sebrae motiva os alunos a abrirem seu próprio negócio, todos os alunos é grande o interesse dos alunos em fazer parte do jogo”, explica Jananyna. Segundo Adriana, a FAP vê o Desafio Sebrae como uma grande oportunidade para os seus alunos desenvolverem hablidades e competências inerentes ao profissional administrador de empresas. “A premiação pelo quarto ano consecutivo deve-se ao empenho dos professores empreendedores, do incondicional apoio dado pela instituição, através do incentivo financeiro para investimentos na inscrição dos alunos e disponibilização de infraestrutura e de professores orientadores para acompanhar a sua participação no jogo”, enfatiza.

CURSO PREMIADO- “Nas etapas do Desafio Sebrae os estudantes têm a oportunidade de vivenciar a dinâmica da gestão de uma pequena empresa, sem esquecer o enfrentamento de problemas e tomadas de decisões. É bastante louvável a participação destacada dos universitários da FAP que mais uma vez demonstraram garra e espírito de equipe, além de ampla compreensão deste jogo virtual”, exemplifica Ulysses Gonçalves Nunes de Moraes, presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae no Piauí, ao falar sobre a participação destacada e efetiva da faculdade desde 2006 no jogo.

O curso de Administração da FAP-Teresina participa desde 2006 do Desafio Sebrae, que simula a gestão de uma empresa, envolvendo as diferentes habilidades e competências inerentes ao profissional Administrador de Empresas. Sendo o empreendedorismo uma necessidade do administrador contemporâneo, a FAP busca agregar, no dia a dia, tópicos que estimulem o pensar empreendedor de seus alunos, das mais diferentes formas. Nesse contexto, o Desafio Sebrae, no qual a instituição é cada vez mais participativa, é uma de uma série de atividades que o curso de Administração realiza dentro de sua metodologia de ensino que prioriza o binômio teoria-prática. Dentre outras ações promovidas pelo curso na formação do que a FAP classifica como o “administrador do futuro”, estão evento como: Viagem empresarial; Feira: Boas Ideias, Grandes Negócios; Criação de portfólio empresarial; Prêmio: Trabalhar aqui faz bem; Adminstração com pipoca, além de simpósios e ciclos de debates. Todas visam levar a prática para a sala de aula,. Como “Feira do Empreendedor”, onde os alunos, durante um dia, devem promover a inserção de bens de consumo no universo FAP, concorrendo entre si e, a equipe que possuir maior volume de vendas, é campeã. Para Jannayna, “o processo de vendas e comércio nessa atividade é apenas a ponta de um iceberg. Na verdade, o resultado da Feira do Empreendedor é a soma de diferentes estratégias, desde a pesquisa de mercado, a fim de investigar o interesse de consumo do público alvo, até formas de promoção que atinjam, com maior eficácia, o público consumidor que, nesse caso são os alunos dos diferentes cursos ofertados no campus Jóquei”. Além dessas atividades, o curso de Administração da FAP-Teresina possui parceiros que enriquecem o pensar empreendedor de seus alunos, como é o caso da Junior Achievement. No Piauí, a Junior desenvolve uma série de programas de treinamentos e, boa parte deles acontecem dentro da FAP, oportunizando ao aluno da instituição diferencial competitivo que certamente garantirá sua entrada e permanência no mercado profissional. “ O jogo é um simulador da realidade das empresas e coloca o aluno frente a frente com perspectivas de negócios. Nosso objetivo é que eles saiam daqui já com idéias, de como trabalhar lá fora de forma criativa e empreendedora”, resume Maurício Boavista, Gestor Estadual do Desafio Sebrae no Piauí.

Fonte: Lúcia Bezerra, Jornal Meio Norte