Faustão externa a dificuldade que teve em fazer seu programa após enterrar o pai

“Muito mais do que pai, ele foi meu ídolo, um exemplo de caráter”, disse o apresentador.

Como O Fuxico noticiou, Fausto Silva viveu o drama da morte de seu pai, na madrugada do sábado (10), em Campinas, a 93 km de São Paulo, Maury Corrêa da Silva, 88 anos. Após enterrá-lo, no Cemitério Parque Flamboyant, no bairro Jardim das Palmeiras, o apresentador foi obrigado a seguir em frente em seu trabalho e não deixou de comandar seu programa neste domingo (11), na Globo.

Ao final da atração, Faustão agradeceu a todos pela força que recebeu neste momento tão triste, dizendo não ter sido fácil fazer o programa um dia após ter enterrado o pai.

?Muito mais do que pai, ele foi meu ídolo, um exemplo de caráter?, disse o apresentador.

O Sr. Maury, que deixou cinco filhos. Ele estava internado desde a semana passada, e morreu devido a complicações causadas por uma pneumonia.

Fausto Silva esteve em Campinas, onde aconteceu o velório, ao lado de sua mulher Luciana Cardoso, da mãe Cordélia Corrêa Silva além de amigos e familiares.

Fonte: OFuxico, ofuxico.terra.com.br