Fazenda da Paz disponibiliza vagas para internações através de convênio

Fazenda da Paz disponibiliza vagas para internações através de convênio

A Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social (SEMTCAS), órgão da Prefeitura de Teresina, através de convênio com a Fazenda da Paz, está com vagas abertas para internação de dependentes químicos. A Fazenda da Paz tem capacidade para atender até 300 dependentes químicos, sendo 50 vagas ofertadas através de convênio com a SEMTCAS.


O público alvo são pessoas do sexo masculino, com idade mínima de 13 anos. Para que seja iniciado o processo de entrada na entidade é necessário que o interessado se direcione a um dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) de Teresina, ou ao Escritório da Fazenda da Paz, onde recebem as primeiras orientações e são encaminhados para uma bateria de exames de saúde que são exigidos. Todo o atendimento é gratuito, e feito através de equipe multidisciplinar, além de dispor de atendimento coletivo e também individual com acompanhamento de profissionais da área de saúde como psicólogos, educadores físicos, nutricionistas e assistentes sociais. De acordo com a gerente de Proteção Social Especial, Iracilda Braga, o tratamento do dependente químico na Fazenda da Paz dura no mínimo um ano.

O foco da instituição está na laborterapia, na disciplina e na conscientização. "A principal intenção da entidade é devolver o homem para a sociedade sem dependência nenhuma. No caso, é trabalhada a espiritualidade para devolver a dignidade ao indivíduo. Só são utilizados medicamentos em casos necessários. Acredito que uma droga não cura outra, só ajuda a amenizar uma situação", esclarece. Os adolescentes para terem acesso ao tratamento devem ser inicialmente encaminhados pelo Conselho Tutelar ou pela Vara da Infância, o foco de todo o tratamento é na questão social, do trabalho, através de oficinas onde são capacitados e direcionado para o mercado de trabalho.

A Fazenda da Paz conta hoje com três comunidades terapêuticas, capaz de atender aproximadamente 300 dependentes de substâncias psicoativas (álcool e outras drogas). A comunidade possui quadra poliesportiva, academia de ginástica, sala de informática, salas de aulas, lavanderia, refeitório, capela, dentre outros espaços. É uma entidade sem fins lucrativos, de utilidade pública municipal e estadual, idealizada pelo padre Pedro Balzi, em parceria com leigos da Arquidiocese da cidade de Teresina, e implantada por Célio Luiz Barbosa com o objetivo de prevenir, tratar e reinserir farmacodependentes e alcoólatras, a sede fica localizada na Rua São Pedro, N° 1841, centro, telefone, (86) 3221-5995.

Fonte: Virgínia Santos e Lucrécio Arrais