Fenaban faz nova proposta e greve dos bancários pode terminar hoje

A categoria irá realizar assembleia para decidir se aceita proposta

A greve dos bancários que ocorre em todo o país e completa hoje 31 dias pode encerrar nesta quinta-feira (6).A  Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) fez uma nova proposta com um reajuste de 8% este ano além de um abono de R$ 3.500.

Nessa décima rodada de negociações, os bancos se comprometeram ainda a corrigir o vale-alimentação em 15%; o vale-refeição e o auxílio creche/babá em 10% e a implantar a licença-paternidade de 20 dias. Em relação à Participação nos Lucros e Resultados (PLR), o acordo prevê parcela adicional de 2,2% do lucro líquido dividido linearmente para todos, limitado a R$ 4.367,07, sendo que a primeira parcela será paga até dez dias após assinatura do Contrato de Convenção Coletiva.

Outro compromisso firmando pelos bancos é de um aumentor real de 1% em todos os salários e demais verbas e há a promessa de que os dias parados não serão descontados.

A cateogoria irá se reunir a partir das 15h em assembleia para decidir se aceitam a proposta ou se continuam com a paralisação que já é a maior do país desde 2004.

Os bancários reivindicam reposição da inflação de 9,57% e mais 5% de aumento real, valorização do piso salarial, no valor do salário mínimo calculado pelo Dieese (R$3.940,24), participação nos lucros, combate à meta abusiva, ao assédio moral e sexual, fim da terceirização, segurança e melhores condições de trabalho.

A greve já teve adesão de 140 agências em todo o Piauí. No Brasil, já são 13.358 agências e 34 centros administrativos fechados, segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT).

Greve dos bancários pode encerrar nesta quinta
Greve dos bancários pode encerrar nesta quinta



Fonte: Com informações do Agência Brasil