Feriadão aumenta risco de arrombamentos em Teresina

Feriadão aumenta risco de arrombamentos em Teresina

Só em 2012, a Polícia Militar registrou 376 arrobamentos em Teresina. De longe a Zona Leste é a que é mais visada.

Há um mês a casa de uma idosa foi assaltada e pior que o prejuízo é o temor que fica. O medo é tanto que, nervosa, a vítima V.S. não quis ser identificada na matéria, principalmente porque o roubo aconteceu com ela dentro de casa.

?Eles levaram um noteboook e uma máquina fotográfica, mas conseguimos recuperar o computador, mas o medo continua, Só que eu tenho fé que Deus vai tirar esse medo de mim?, conta.

Só em 2012, a Polícia Militar registrou 376 arrobamentos em Teresina. De longe a Zona Leste é a que é mais visada. Os assaltantes, acima de tudo observadores, preferem agir em casas que estão vazias. Isso é o que mais acontece em feriados. No último feriadão referente ao carnaval, foram registrados quase 40 arrombamentos. Agora estamos na Semana Santa, quando as pessoas também costumam viajar, mas o medo de deixar as casas vazias também fica.

O comerciante José Soares conta que foi roubado justamente em uma semana santa quando viajou e deixou seu comércio fechado. ?O ?modus operanti? deles é principalmente nos dias chuvosos, eles chegam e arrobam as portas e levam tudo que a pessoa tem. No meu caso, levaram tudo da minha mercearia e deixaram tudo sem nada?, afirma.


Feriadão da Semana Santa aumenta risco de arrombamentos

A audácia dos bandidos é grande e nem as casa com cercas elétricas e câmeras estão livres de serem alvo de assaltos. O problema é que a ausência das pessoas é um estímulo para bandidos. Os ladrões tocam a campainha e se não atendem eles efetuam os arrombamentos.

Fonte: Marcilany Rodrigues