Feriadão da Semana Santa já começa com acidentes

No primeiro dia de feriado, a Polícia Rodoviária Federal já registrou três acidentes

Com a chegada do feriado de Páscoa, muitas famílias se deslocam para outros municípios, principalmente as cidades do interior do Estado. Logo no início de quinta-feira as rodovias federais apresentavam tráfego intenso e congestionamento de cinco quilômetros na saída de Teresina. Três acidentes de trânsito foram registrados pela Polícia Rodoviária Federal na manhã de ontem, mas sem nenhum óbito.

Segundo o inspetor da PRF, Fernando Boavista, os próximos dias serão de muito trabalho. ?Hoje está terrível, bem no começo do dia já tivemos três ocorrências graves.

Felizmente não houve vítimas fatais, mas o alerta no período é redobrado, pois a rodovia apresenta grande volume de carros?, ressalta o inspetor.

Segundo ele, o fluxo de veículos na Semana Santa é diferente de outros feriados. Apesar do grande volume de carros, o feriado não costuma ter acidentes brutais.

Mas devido a quantidade de ocorrências inesperadas, o posto da Polícia Rodoviária Federal localizado na BR-343 solicitou reforço especial, pois não estão dando conta da demanda.

?Dispomos de duas viaturas que possuem a função de monitorar o trânsito e dar suporte nas ocorrências, mas solicitamos reforço de uma viatura extra porque o número de acidentes surpreendeu?, classifica.

De acordo com Boaventura, as infrações mais comuns do período incluem ultrapassagens em local proibido e tráfego pelo acostamento. São manobras proibidas que aumentam a probabilidade de acidentes na pista, como engavetamentos e colisões frontais.

Ainda segundo o inspetor, as multas mais aplicadas no período são referentes a excesso de velocidade e ultrapassagem por acostamento.

Além de estar com os itens do carro em dia, prudência e atenção são itens indispensáveis para quem ainda vai pegar a estrada.

?Preservar a vida é uma tarefa diária, principalmente no trânsito e em um período em que as estradas estão lotadas?, aconselha o inspetor.

Fonte: OLEGÁRIO BORGES E VIRGINIA SANTOS