"Ficamos todos tristes", disse ministro que assistiu jogo com Lula

"A seleção jogou com garra, mas futebol é assim", afirmou Celso Amorim.

O ministro da Relações Exteriores, Celso Amorim, disse na saída do Palácio da Alvorada, após a eliminação da seleção brasileira pela Holanda por 2 a 1, nesta sexta-feira (2), que o presidente e todos ministros que assistiram o jogo juntos ficaram muito tristes com o resultado.

"Ficamos todos tristes. Não demos sorte. Futebol é coisa importante no país, mas não podemos ganhar todas. Não sou comentarista e não sei o que deu errado. Mas vamos lá. Espero que no Brasil seja melhor", disse Amorim.

Sobre o Dunga, o ministro disse que ele não pode ser responsabilizado pelo fracasso. "Ele fez um bom trabalho. A seleção jogou com garra, mas futebol é assim", afirmou.

Além de Amorim, estavam no Palácio da Alvorada a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, e os ministros de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, da Previdência, Carlos Eduardo Gabas, da Justiça, Luiz Paulo Barreto, da Igualdade Racial, Eloi Ferreira, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles.

Fonte: g1, www.g1.com.br