Caso Yoki: Pais de Marcos Matsunaga ganham guarda definitiva da filha do casal

Caso Yoki: Pais de Marcos Matsunaga ganham guarda definitiva da filha do casal

Justiça já havia concedido a guarda da menina aos pais do executivo da Yoki

A filha de Elize e Marcos Matsunaga já está com os avós paternos. Segundo o advogado Braz Martins Neto, a criança, de um ano, mudou-se para a casa dos pais do executivo da Yoki em setembro. No mês anterior, a Justiça havia concedido, em decisão liminar, a guarda da menina aos avós.

Com a prisão da mãe, no dia 5 de junho, a criança ficou inicialmente sob os cuidados de uma tia da acusada. Elize Matsunaga confessou ter matado e esquartejado Marcos na cobertura triplex onde vivia com o marido e a filha, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital paulista. Ela transportou os pedaços do corpo em malas e os desovou em diferentes pontos da região de Cotia, na Grande São Paulo.

Apesar de ter conseguido a guarda da neta em agosto, os pais do empresário optaram por uma transição gradual para que a garota se adaptasse melhor à mudança. Durante o período, de acordo com o advogado, os avós deram assistência à menina, incluindo financeira. Até então, ela permaneceu na cobertura em que morava.

Na época da decisão judicial sobre a guarda da criança, a defesa de Elize anunciou que pretendia recorrer.

Motivação financeira

O Ministério Público sustenta que o crime não foi passional, mas motivado por dinheiro. Elize foi acusada por homicídio doloso (quando há intenção de matar) triplamente qualificado, já que teria sido praticado por motivo torpe, de forma cruel e sem dar chance de defesa ao empresário. O promotor do caso, José Carlos Consenzo, viu como agravante o fato de a autora do crime ter sido casada com a vítima. Elize também foi denunciada por ocultação de cadáver.

Fonte: r7