Filhotes de cachorro são resgatados após serem enterrados vivos no RS

A polícia chegou até o local, no bairro Lambari, por meio de uma denúncia anônima de que os moradores da residência haviam enterrado a ninhada.

A Brigada Militar resgatou na manhã desta sexta-feira (13) 11 filhotes que haviam sido enterrados vivos no pátio de uma casa em Encantado, na região do Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul. A polícia chegou até o local, no bairro Lambari, por meio de uma denúncia anônima de que os moradores da residência haviam enterrado a ninhada. Depois do resgate, os animais e a mãe foram levados a uma instituição que cuida de animais.

Quando chegou ao local, a polícia ouviu do dono da casa que ele havia matado os filhotes a pauladas e enterrado no pátio. Ao procurar, a Brigada Militar descobriu que os animais tinham sido enterrados vivos. Eles ficaram por cerca de 15 minutos embaixo da terra. Todos sobreviveram.

De acordo com a polícia, um homem de 49 anos, a mulher de 44 e o filho de 22 anos foram encaminhados à delegacia, onde assinaram um termo circunstanciado. Eles vão responder por crime de maus-tratos contra animais. Além da agressão contra os filhotes, a mãe dos cachorrinhos estava desnutrida. Todos foram levados para a Associação Encantadense dos Animais.

Segundo o sargento Nilson Friedrich, que atendeu a chamada, a família alega que eles haviam encaminhado os filhotes para uma instituição, mas não conseguiram doar os cães, pois o local estaria com lotação máxima. E por isso resolveu sacrificar os animais.



Fonte: G1