Final de semana registra mais de 100 ultrapassagens proibidas no PI

No ano, já se chega à impressionante marca de 3.963 casos.

A principal causa de morte nas BR´s de todo o país é a colisão frontal, tipo de acidente que tem relação direta com o excesso de velocidade e ultrapassagens. No entanto, mesmo com vasta divulgação de orientações acerca do tema, com apoio da imprensa, o condutor piauiense continua insistindo nessa conduta que mata.

Apenas nesse final de semana, de sexta-feira (03) a domingo (05), A PRF registrou 106 ultrapassagens proibidas nas BR´s do Piauí, que representa um número muito preocupante. No ano, já se chega à impressionante marca de 3.963 casos.

Dentre os diversos tipos de ultrapassagens registrados, preocupa muito aquela realizada onde há marcação viária com faixa dupla contínua, uma vez que nestes locais a conduta é proibida em razão do elevado risco de colisão frontal devido a restrições a visibilidades como curvas, aclives, declives, concentração de pessoas, entre outros fatores. Para essa infração, a multa é de R$ 957,70 (novecentos e cinquenta e sete reais e setenta centavos) e 7 pontos na CNH.

Há ainda a passagem forçada, que ocorre quando um veículo ultrapassa outro, em local permitido ou não pela sinalização, mas na iminência de cruzar com um terceiro veículo que venha em sentido oposto. Para essa conduta irregular a multa é de R$ 1.915,40 (um mil, novecentos e quinze reais e quarenta centavos), com 7 pontos na CNH.

A PRF também tem investido seus esforços em ações educativas, já tendo alcançado 13.901 pessoas em abordagens desse tipo no Piauí, ou seja, tem atuado em diversas frentes na proteção à vida: educativa, preventiva e repressiva. O objetivo é preservar vidas, levando segurança com cidadania a todos.

Fonte: Ascom