Firmino Filho cobra entrega de 12 UBS em 2015

106 obras passaram pelo setor de Engenharia da FMS

O prefeito Firmino Filho (PSDB) reuniu ontem o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Francisco Pádua, e técnicos do setor de Obras e Engenharia da instituição para cobrar a elaboração de um diagnóstico das obras que estão em execução na área da saúde e cobrar a entrega, até dezembro, de 12 Unidades Básicas de Saúde (UBS), entre reformas e construção.

Na atual gestão, 106 obras passaram pelo setor de Engenharia da FMS. Ainda serão iniciadas obras de Unidades Básicas de Saúde, Academias Populares, Centro de Atenção Psicossocial, Centro Especializado de Odontologia, entre outras.

“Estamos traçando um diagnóstico de todas as obras da área de saúde. Temos um volume muito grande de obras em execução, para serem iniciadas e concluídas. Estamos estudando as fontes de recursos, projetos, de forma que possamos solucionar todas as pendências e agilizar os serviços. Já definimos que iremos traçar um plano de ação para cada obra que está sendo executada, para que possamos cobrar prazos de construtoras e entregar o mais breve possível essas obras para a comunidade, am- pliando cada vez mais o acesso a atenção básica no nosso município”, destacou o prefeito Firmino Filho.

No mês de agosto desse ano a Fundação Municipal de Saúde (FMS) entregou seis obras de Unidades Básicas de Saúde na capital e planeja entregar mais 70 até o final de 2016. Até dezembro de 2015 a previsão é entregar 12 obras entre construção e reforma. Até março de 2016, a FMS espera entregar 13 Unidades de Saúde, sendo construção ou reforma, entre outra obras que já estão no cronograma para 2016.

“Estamos em um momento de reafirmação do nosso compromisso com a atenção básica em saúde. Uma forma concreta de demonstrar isso é a entrega dessas obras. Nós investimos constantemente na infraestrutura e capacitação dos profissionais que atuam na promoção em saúde em nossa cidade. E hoje, o prefeito Firmino reafirmou o seu compromisso com a atenção primária e nos deu total apoio para darmos continuidade às obras”, afirmou Francisco Pádua, presidente da FMS.


Image title

Fonte: Jornal Meio Norte