Flash Mob vira arma para conscientização sobre desperdício de água em Teresina

Flash Mob vira arma para conscientização sobre desperdício de água em Teresina

O intuito foi a comemoração dos 15 anos da Asa, junto com a conscientização da população sobre o desperdício de água

A Asa-Articulação no Semiárido Brasileiro, realizou um Flash Mob (aglomerações de pessoas em certo lugar para realizar determinada ação inusitada) na Praça João Luiz Ferreira, no centro de Teresina. O intuito foi a comemoração dos 15 anos da Asa, junto com a conscientização da população sobre o desperdício de água.

O movimento aconteceu simultaneamente em diversos lugares do Brasil. Em Teresina, integrantes saíram juntos em ônibus com balde de água nas cabeças, sendo esperadas cerca de 50 pessoas na Praça João Luiz Ferreira, dentre elas, famílias agrárias, comunicadores e a organização da Asa.

O Comunicador Popular, Neto Santos conta o objetivo de usar o Flash Mob. "Este ano acontece em todo o Brasil a celebração dos 15 anos da Asa e também levantaremos a questão do desperdício da água", afirma.

Neto Santos, acredita na função da Asa para esses tipos de mobilizações. "Hoje a Asa concentra 1.300 organizações trabalhando com 14 instituições de convivência com o semiárido, pois temos que aprender a conviver com a seca".

Segundo dados de agosto de 2014 do Ranking do Saneamento do Instituto Trata Brasil, a cada 10 litros de água tratada nas 100 maiores cidades do Brasil, 3,9 litros (39,4%) se perdem em vazamentos e outros desvios. Cidades como Porto Velho, o índice da perda chega a 70,4%.

FLASH MOB

Flash Mobs são contingente de pessoas que marcam grandes apresentações em praças públicas, ruas e afins. A internet é uma ferramente muito usada para combinar as mobilizações, que tem objetivos diversos, como ficar famoso nos meios midiáticos e até protestos benéficos, como o caso da Asa.

O primeiro Flashmob ocorreu nos Estados Unidos, pelo jornalista Bill Wasik, em Manhattan. Ele enviou e-mail para cerca de 50 amigos para comparecerem a uma loja de acessórios. Logo, outros países acreditaram na ideia por motivos diversos. A ideia também chegou a Teresina.

Clique e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

Fonte: Daniely Viana