HGV não está funcionando com capacidade máxima

HGV não está funcionando com capacidade máxima

Ele acredita que Lílian Martins vai entender o diálogo e está na expectativa das discussões sobre o problema

O presidente da Fundação Municipal de Saúde, Luiz Ayrton Santos, disse em entrevista ao meionorte.com nesta quinta-feira(02), que vai procurar um diálogo com a secretária estadual de Saúde, Lílian Martins para tratar sobre a descentralização dos atendimentos no HUT. Segundo ele, o Hospital Getúlio Vargas não está funcionando com a sua capacidade máxima para atender as urgências em Teresina.

Ele acredita que Lílian Martins vai entender o diálogo e está na expectativa das discussões sobre o problema, transcorrerem com bom senso. Ayrton disse que a compensação de recursos é indispensável, principalmente pelo fato de Teresina atender mais pacientes de outros municípios e de outros Estados, e isso gera uma sobrecarga e prejudica a prioridade aos teresinenses.

" Acreditamos que deve haver um repasse de compensação do SUS. Esses são recursos para os teresinenses e terminam sendo utilizados por outros", finalizou Ayrton.

Fonte: Marcos Moraes