Formados no exterior fazem a prova de revalidação no próximo domingo

Os aprovados nesta primeira fase serão avaliados também quanto às habilidades clínicas, em situações reais de atendimento médico

A primeira fase do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) será realizada neste domingo, 20. Com 110 questões de múltipla escolha, a prova objetiva será aplicada no período da manhã, das 8h às 13h (horário de Brasília). À tarde, das 15h às 18h, também no horário de Brasília, os participantes farão a prova discursiva, com cinco itens.

O exame de domingo será aplicado a 2.151 médicos em Rio Branco, Manaus, Fortaleza, Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Brasília e Campo Grande. Os aprovados nesta primeira fase serão avaliados também quanto às habilidades clínicas, em situações reais de atendimento médico. A prova será realizada nos dias 27 e 28 de setembro, em Brasília. A taxa de inscrição será de R$ 300. Os horários ainda serão definidos.

Sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o Revalida foi criado para simplificar o processo de reconhecimento de diplomas de medicina emitidos por instituições de ensino estrangeiras. Para atuar como médico no Brasil, o estudante formado no exterior precisa revalidar o diploma. O exame reconhece a autonomia das instituições de educação superior, que podem fazer a adesão ao processo no Ministério da Educação.

O Revalida é orientado pela matriz de correspondência curricular para fins de revalidação de diplomas médicos expedidos por instituições estrangeiras. Na matriz estão definidos conteúdos, competências e habilidades das cinco grandes áreas de exercício profissional ? cirurgia, medicina de família e comunidade, pediatria, ginecologia-obstetrícia e clínica médica.

Fonte: Assessoria