Fotógrafo registra momento em que meninas de tribo queniana são vendidas para casamento em troca de camelos e cabras

É possível ver que muitas da meninas lutam para não serem levadas embora de suas casas.

Imagens tristes e chocantes feitas no Quênia mostram o momento no qual meninas da tribo Pokot são vendidas para casamentos arranjados em uma cerimônia tradicional de passagem para a vida adulta.

É possível ver que muitas da meninas lutam para não serem levadas embora de suas casas. Enfeitadas com joias tribais e cabelos trançados, as jovens são negociadas pelos próprios pais por 20 cabras, três camelos e dez vacas.

De acordo com informações do tabloide britânico Daily Mail, algumas das meninas só descobrem que foram negociadas quando seus maridos chegam à aldeia para leva-las embora. Alguns pais escondem o negócio das filhas por medo de que elas fujam.

Como parte do ritual, que dura um dia e uma noite, os homens da aldeia também selecionam um touro que receberá um soco das mulheres antes de ser executado com uma lança no coração. Apesar de a lei queniana proibir o casamento infantil, algumas das meninas têm apenas 14 anos, porque, para eles, é mais importante respeitar as tradições do que a legislação do país.



Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: R7