Fotos mostram hematomas em grávida que teria morrido após engolir drogas em prisão

Fotos mostram hematomas em grávida que teria morrido após engolir drogas em prisão

Unidade prisional diz que jovem engoliu pacote que poderia conter drogas

Fotos do corpo de Bianca Conceição dos Santos, de 27 anos, feitas pela família, mostram hematomas no corpo da jovem. Grávida de dois meses, ela morreu no domingo (13), durante visita à Unidade Prisional de Catalão, no sul de Goiás, quando foi ao local visitar o marido, que está preso. A família acredita que ela tenha sido espancada. O sepultamento aconteceu na segunda-feira (14).

Segundo agentes penitenciários, a jovem engoliu um embrulho que supostamente continha droga durante o procedimento de revista. A versão é contestada por parentes da vítima. As imagens registradas pelos familiares mostram alguns dos machucados. A irmã da jovem, Shirley Maria da Conceição, e uma amiga, que preferiu não se identificar, afirmam que Bianca foi vítima de agressões.

?Ela ter ingerido drogas não causa hematomas como os que ela estava. O rosto dela estava muito machucado, o pé dela quebrado, o dedo dela quebrado. A gente vê que não foi só isso que aconteceu. Minha família está desesperada, minha mãe. Eu quero justiça. Tem que apurar?, pede Shirley Maria.

Revista


Fotos mostram hematomas no rosto de grávida que morreu em presídio

Uma amiga da vítima, que estava com ela momentos antes da revista e que não quis ser identificada, comentou que uma agente ia fazer o procedimento. Porém, outra servidora teria dito ?essa é pra mim?. Ainda de acordo com a testemunha, a funcionária pegou a vítima pelo braço e a levou para a sala, de onde já saiu morta.

?Na hora que ela chegou, não estava com nenhum machucadinho, não estava com arranhando, não estava com nada. Como ela ia aparecer roxa daquele jeito? Morta e roxa. Tem que ter uma explicação não é??, questiona a testemunha.

Contudo, a versão da unidade é outra. Segundo o responsável pelo presídio, Bianca estava com um pacote em uma das mãos e se recusou a passar pela revista. Os agentes suspeitavam que no embrulho houvesse porções de drogas.

?As agentes a colocaram em um canto para aguardar para fazer o procedimento e encaminhar para a delegacia, para verificar se havia algum material ilícito no pacote. As agentes entraram em contato com o supervisor de segurança. O mesmo chegou, só que nesse período, a Bianca, em uma ato desesperado, engoliu o pacote. Nisso, entrou em estado de convulsão. As agentes, em movimento contínuo, acionaram o Corpo de Bombeiros e o Samu. Só que ao chegarem ao local, ela já encontrava-se em óbito?, detalha o gerente prisional regional, Leopoldo Castro.

A assessoria da Agência Goiana do Sistema de Execução Penal (Agsep) afirmou ao G1 que vai esperar o resultado do laudo de exame cadavérico do Instituto Médico Legal (IML) para se pronunciar. O diretor do IML de Catalão, César Augustus Lima, adiantou que não tem previsão para a conclusão do documento, pois depende da realização de exames complementares que serão feitos em Goiânia.

A Agsep informou que a jovem é ex-detenta da Unidade Prisional de Catalão, tendo cumprido pena por tráfico de drogas. O marido de Bianca está preso por roubo e tem passagem por tráfico de drogas. Ainda de acordo com a Agsep, os dois se conheceram na prisão.

Fonte: G1