Funcionária do AfroReggae é encontrada morta no Rio

Vítima estava desaparecida desde quinta-feira (10)


Funcionária do AfroReggae é encontrada morta no RJ
Uma funcionária do grupo AfroReggae, de Vigário Geral, que estava desaparecida desde quinta-feira (10), foi encontrada morta na tarde desta sexta-feira (11). A informação foi confirmada pela assessoria do grupo.

De acordo com a assessoria, o corpo da vítima está no Instituto Médico Legal (IML) de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

Segundo o delegado da 60ª DP (Campos Elíseos), Robson da Costa, o corpo da vítima estava num matagal, localizado na região do Jardim Ana Clara, em Campos Elíseos, na Baixada Fluminense. Ela estava vestida e havia um ferimento no rosto.

Ainda segundo o delegado, somente o exame realizado pelo IML, poderá confirmar qual foi a causa da morte. O laudo deve ficar pronto em aproximadamente 15 dias.

O twitter do líder do grupo Afroreggae, José Júnior, também divulgou a informação da morte da funcionária. José Júnior afirmou que chegou a ver o corpo da funcionária.

A vítima estava em casa, também no bairro de Vigário Geral, no subúrbio do Rio, quando dois homens armados teriam invadido o local e a sequestrado. Ela teria sido levada pelos criminosos em um carro.

O caso está investigado por policiais da Delegacia Anti-Sequestro.

Fonte: G1