Cliente tem fotos suas nua roubadas por funcionários de uma operadora de celular

Cliente tem fotos suas nua roubadas por funcionários de uma operadora de celular

O roubo dos dados só chegou à polícia depois que os vendedores mostraram as imagens a um outro cliente.

Dois vendedores de uma loja da operadora Verizon foram presos na última semana nos Estados Unidos por roubarem fotos de nudez do telefone de uma cliente da loja. A mulher teria dito à polícia de Bartow, na Flórida, que entregou o celular antigo para Joshua Stuart, um dos empregados da revenda. Ela queria que ele transferisse todos os arquivos do aparelho antigo para o novo. As informações são do HuffingtonPost.

Enquanto transferia, Stuart também teria copiado as imagens da cliente para seu telefone pessoal, e depois mostrado ao colega Gregory Lampert. O roubo dos dados só chegou à polícia depois que os vendedores mostraram as imagens a um outro cliente, que reconheceu a mulher e denunciou o caso. Segundo a vítima, as imagens eram "de natureza muita privada e muitas exibiam seios e vagina".

De acordo com o investigador responsável, David Wyant, "mostrar as fotos a um estranho é um sinal óbvio de que eles (Stuart e Lampert) estavam se gabando". Os dois devem ser julgados por manusear propriedade roubada e por atentado a usuários de computador. As acusações de roubo e de atos proibidos com materiais obscenos também deve pesar sobre os funcionários da Verizon.

Lampert foi preso logo após a denúncia, e em seu telefone haveria fotos de outra mulher, além da cliente em questão. Stuart foi preso após voltar das férias.

Fonte: Terra