Funcionários dos Correios entram em greve a partir desta quarta

Cerca de 117 mil trabalhadores devem parar em grande parte do país. Segundo federação, funcionários pedem aumento salarial de 43,7%.

Funcionários dos Correios decidiram entrar em greve a partir desta quarta-feira (19) em grande parte do país, de acordo com a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).

Segundo a Fentect, uma assembleia realizada nesta terça-feira (18) definiu que 117 mil trabalhadores devem parar em ao menos 14 estados mais o Distrito Federal. Funcionários em Minas Gerais e no Pará já estão em greve desde a semana passada.

Os trabalhadores reivindicam aumento de 43,7%, R$ 200 incorporados ao salário, auxílio alimentação de R$ 35, contratação imediata de 30 mil trabalhadores entre outras melhorias, de acordo com a Fentect.

Em nota divulgada na tarde desta terça-feira (18), os Correios garantem a prestação de serviços à população. ?Entre as medidas que a empresa poderá vir a adotar estão: realocação de empregados das áreas administrativas, contratação de trabalhadores temporários, realização de horas extras e mutirões para triagem e entrega de cartas e encomendas nos finais de semana?, informa a nota.

As entidades sindicais devem realizar uma passeata nesta quarta em Brasília, do Ministério das Comunicações até o Tribunal Superior do Trabalho (TST), onde ocorrerá uma audiência de conciliação com os Correios.

Fonte: G1