Fundac divulga resultado do Cine Mais Cultura

As propostas foram enviadas para a Fundac e passaram por uma análise técnica composta por um júri de sete profissionais da área cultural

Quarenta entidades da sociedade civil foram classificadas para receber os kits multimídia do Cine Mais Cultura, que serão distribuídos pelo Ministério da Cultura, em parceria com a Fundação Cultural do Piauí (Fundac).

As propostas foram enviadas para a Fundac e passaram por uma análise técnica composta por um júri de sete profissionais da área cultural, sendo três representantes do Ministério da Cultura, dois da sociedade civil e dois técnicos do Governo do Estado. Objetivando dar continuidade a uma política descentralizada, o júri priorizou contemplar os vários territórios do Piauí.

O kit é composto por um telão (4m x 3m), aparelho de DVD player, projetor digital, mesa de som de quatro canais, quatro caixas de som, amplificador, dois microfones sem fio, dentre outros equipamentos. As propostas que foram contempladas poderão escolher um conjunto de até 104 DVDs de obras brasileiras do catálogo da Programadora Brasil (filmes de ficção, documentário e animação em curta, média e longa metragens de todas as épocas, para todos os públicos). O acervo completo reúne cerca de 500 obras organizadas em 154 programas (DVDs).

Antes de receberem os kits, os contemplados irão passar por uma capacitação para operar os equipamentos. Após a entrega dos kits será aberto um novo edital para selecionar mais 60 propostas que também serão contempladas com kits multimídias.

Edital do Cine Mais Cultura

O Cine Mais Cultura é uma ação do Ministério da Cultura (MinC), desenvolvida em parceria com o Governo do Estado, através da Fundação Cultural do Piauí (Fundac), e tem como objetivo principal a democratização do acesso às salas de cinema no território nacional, além do estímulo à exibição de filmes brasileiros.

Puderam concorrer ao edital entidades privadas sem fins lucrativos que desenvolvem ou queiram desenvolver ações de exibição de obras audiovisuais e contribuir para a formação de plateias e o fomento do pensamento crítico, tendo como principal base obras audiovisuais brasileiras.

Noventa e duas propostas foram enviadas à Fundação Cultural do Piauí no período de 7 de janeiro a 12 de março. Vinte e seis projetos foram desabilitados por pendências na documentação exigida. Nos dias 8 e 9 de abril, o júri técnico se reuniu para avaliar os 66 projetos habilitados e assim selecionar as 40 propostas que irão receber os kits multimídia do Cine Mais Cultura.

Fonte: CCOM, www.pi.gov.br