Gari é atropelado, perde a perna e motorista não presta socorro

Motorista suspeito de cometer o crime sai do carro, mas não presta socorro à vítima

Um gari perdeu a perna depois que um jovem passou por cima dele no Espírito Santo. O carro atropelou o profissional que estava atrás do caminhão de lixo.



O homem foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e depois levado para um hospital. No local, ele precisou amputar a perna.

As imagens das câmeras de segurança mostram que o suspeito do atropelamento sai do carro, mas não presta socorro à vítima. Além da omissão de socorro, a perna arrancada e a gravidade do acidente podem interferir na penalidade do motorista.

Leia mais notícias de Cidades

O condutor vai ser indiciado por lesão corporal gravíssima e por perda de membro. A pena de reclusão é de dois a oito anos, sem falar na responsabilidade administrativa de suspensão da carteira e multa de quase R$ 2 mil.

Assista ao vídeo:

Fonte: r7