Menina de 15 anos que fugia de assalto morre atropelada no Ceará

Menina de 15 anos que fugia de assalto morre atropelada no Ceará

Motorista prestou socorro e suspeito de ameaça está foragido

Uma garota de 15 anos morreu atropelada na manhã desta sexta-feira no Crato, interior do Ceará, após fugir da tentativa de um assalto. De acordo com testemunhas, um homem com uma faca ameaçou Jéssica de Sousa e uma amiga e pediu o celular. A garota se recusou a entregar o celular, e morreu atropelada quando atravessava a avenida Padre Cícero, durante a fuga. O suspeito da tentativa de assalto fugiu e está foragido.

"Um rapaz botou a faca para assaltar. Ela foi atravessar a pista e um carro pegou", diz uma testemunha que estava ao lado da vítima no momento do assalto. "Eu ainda tentei dar assistência, uma mulher ajudou e outro homem levou ela [a vítima] para o hospital". Uma das pessoas que prestou socorro, segundo testemunhas, foi o condutor do veículo que colidiu com a garota.

A garota de 15 anos era estudante e morava no Bairro Muriti, na cidade do Crato. Os familiares da vítima se dizem inconformados e cobram mais segurança no local. "Falta policiamento, falta segurança. A gente não tem tranquilidade aqui", diz Francisco de Assis, parente de Jéssica de Sousa.

"Ela não morreu por causa do acidente. O bandido estava com uma faca na mão, como ela não entregou o celular, ela fugiu, e aí o carro pegou ela. Ela morreu por falta de segurança", diz a mãe da vítima, Edilânia Ferreira.

O comando da Polícia Militar no Crato afirma que no Bairro Muriti, onde houve o crime, a dois carros e uma moto fazendo a patrulho no local durante dia e noite. A polícia diz também que investiga o caso e tem indícios do suspeito. Os policiais vão ouvir as testemunhas do crime para tentar conseguir mais pistas do autor do crime de tentativa de assalto.

Fonte: G1