Células-tronco de bebê podem salvar vida de garoto com leucemia

Caso sua condição piore, Nathan Shorey poderá precisar do material colhido de seu irmão Samuel, de apenas 1 ano de idade

Uma criança de apenas 3 anos no Reino Unido pode receber células-tronco do cordão umbilical do irmão mais novo para tentar se curar de um tipo grave de leucemia. Caso sua condição piore, Nathan Shorey poderá precisar do material colhido de seu irmão Samuel, de apenas 1 ano de idade. As informações são do jornal britânico "Daily Mail".

O problema em Nathan foi diganosticado em 2010. Nathan foi levado ao hospital geral de Wansbeck, região a leste da Inglaterra, após sua mãe notar marcas roxas nas coxas e nos braços. Depois de um exame de sangue, ele foi transferido ao hospital geral North Tyneside, onde ele recebeu o diagnóstico de leucemia linfoide aguda.

Seis meses depois da confirmação da doença, Nathan não deixava mais o hospital. Atualmente, o garoto vive bem, mas ainda tem 19 meses de quimioterarapia restantes para tratamento do câncer.

O transplante de células-tronco pode ser necessário caso a condição de Nathan piore com o passar do tempo. As células-tronco do irmão mais novo foram testadas e são compatíveis com o corpo de Nathan.

Células-tronco extraídas de cordões umbilicais são estruturas capazes de se transformarem em quase todas as células do corpo humano.


Garoto britânico com leucemia grave pode receber células-tronco de bebê

Fonte: g1, www.g1.com.br