Crueldade: Gato fica cego após ter olhos arrancados com caneta por garoto de 11 anos

Crueldade: Gato fica cego após ter olhos arrancados com caneta por garoto de 11 anos

A clínica estima que o animal tenha três meses e cerca de meio quilo.

Um hospital veterinário de Brasília cuida desde a última sexta-feira (22) de uma filhote de gato que teve os olhos arrancados por um garoto de 11 anos, segundo o grupo Salvando Vidas - Protetores Independentes/Brasília. A clínica estima que o animal tenha três meses e cerca de meio quilo.

Por e-mail, a grupo diz que recebeu uma ligação de uma pessoa que afirmou ter visto a criança jogado a gatinha contra uma parede e depois arrancado os olhos dela com uma caneta. Os maus-tratos ocorreram em Valparaíso, no Entorno do DF.

Participante do grupo, a psicóloga Suzane Faria tenta localizar a família do agressor. "Tem gente que pensa que queremos fazer retaliação ou vingança. Não é isso. Mas essa família precisa de orientação urgente", diz.

Segundo a veterinária e dona da clínica, Cláudia Godoi, a gatinha nunca mais vai enxergar. ?Ficaram estruturas no globo ocular que precisam ser removidas posteriormente, através de uma cirurgia chamada enucleação. O objetivo da cirurgia é dar uma qualidade de vida para o animal, evitando infecções recorrentes, mas não há a menor possibilidade de ela recuperar a visão.?

O animal foi batizado de Themis ? uma referência à deusa da Justiça, que é simbolizada com uma venda nos olhos ? e está recebendo antibióticos para controlar uma infecção. Segundo Cláudia, ela foi atendida em um quadro de estresse agudo. ?O animal estava assustado, com dor, extremamente magro e com muitas pulgas, além de muito suja.?

Fonte: G1