Gasolina vendida a R$ 1,67 provoca fila em posto de combustíveis

Preço normal do litro de gasolina comum cobrado no posto é R$ 3,799

Uma longa fila de carro se formou desde as 5h desta quarta-feira (1º) em um posto de combustíveis do Itaim Bibi, na Zona Oeste de São Paulo. O posto vendeu o litro da gasolina comum por R$ 1,671, a metade do preço, por causa do Dia da Liberdade de Impostos.

A gasolina sai pela metade do preço cobrado normalmente, que é quanto custaria caso não incidissem sobre ela tributos como a CIDE, PIS, Cofins e ICMS. O preço normal do litro de gasolina comum cobrado no posto é R$ 3,799.

As vendas serão limitadas a R$ 50 (o correspondente a 30 litros) por veículo. Ao todo, o posto vai abastecer 5 mil litros de gasolina. Até as 10h30, 2,8 mil litros já tinham sido abastecidos. Às 12h, o posto atingiu os 5 mil litros prometidos.A diferença será paga pelos institutos que organizam o movimento.

O Dia da Liberdade de Impostos foi realizado pela primeira vez em 2003, em Porto Alegre. Desde então, diversas cidades no Rio Grande do Sul aderiram ao movimento. Em 2009, pela primeira vez o evento foi realizado simultaneamente em quatro capitais.


Gasolina vendida a R$ 1,671 lotou posto de gasolina (Crédito: Divulgação)
Gasolina vendida a R$ 1,671 lotou posto de gasolina (Crédito: G1)
Fila de carros na porta do posto de gasolina  (Crédito: G1)
Fila de carros na porta do posto de gasolina (Crédito: G1)
Fonte: G1