George Clooney teria tentado se passar por Brad Pitt ao ser preso

O detalhe foi passado por Fred Kramer, ativista que também participou da ação

O ator americano George Clooney tentou se passar pelo colega de profissão Brad Pitt ao ser detido, na semana passada, após protestar em frente à embaixada do Sudão, em Washington. O detalhe foi passado por Fred Kramer, ativista que também participou da ação, em entrevista ao Access Hollywood Live.

Kramer fez o relato de um clima descontraído proporcionado pelo astro-ativista. Após a detenção por deturpar a ordem púbica da capital americana para chamar atenção à crise humanitária e social que assola o Sudão e o Sudão do Sul, Clooney "fez com que todos se sentissem confortáveis. Contou piadas hilárias. (...) Quando chegou o momento de informar ao Serviço Secreto quem éramos, ele tenou se passar por Brad Pitt."

O Sudão do Sul tornou-se oficialmente independente do Sudão no dia 9 de julho de 2011, após anos de negociação e referendos. Ambos países vivem ainda uma situação delicada, com diversos conflitos na fronteira, deixando ambas as populações em situação precárias. Para Kramer, o bom humor de Clooney não deslegitimiza seu ativismo. "Ele tem conhecimento das questões, é ativo, é engajado", defendeu.



Fonte: Terra