Gerência de Vigilância garante inspeção em matadouros públicos

O trabalho foi paralisado na manhã de ontem (07), mas foi retomado.

Os serviços de inspeção do abate de animais em matadouros públicos de Teresina estão sendo normalizados pela Gerência de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS). O trabalho foi paralisado na manhã de ontem (07), mas foi retomado de forma emergencial hoje (08).

De acordo com Francisco Cesário, gerente da Vigilância Sanitária (GEVISA), auxiliares de inspeção e veterinários estão percorrendo todos os cinco matadouros da capital para garantir a inspeção no abate de animais.

“Alguns servidores de inspeção aderiram ao movimento grevista do Sindicato dos Servidores Municipais, e por conta disso, tivemos problemas com a inspeção do abate. Mas já estamos regularizando a situação. Todos os animais que estavam nos currais já foram abatidos hoje. Aqueles também na qual já tinha expedida até a data de ontem a Guia de Trânsito também irão para o abate. Estamos dando andamento aos serviços e garantimos a sanidade da carne que é abatida”, disse o gerente.

A GEVISA dispõe em seu quadro técnico de 10 veterinários e 21 auxiliares de inspeção, que são responsáveis pelos abates em cinco matadouros de Teresina, quatro são matadouros de animais de pequeno e grande porte e um de aves. “Estamos contando com uma equipe emergencial de inspeção até resolvermos de forma definitiva o problema com os servidores que por direito, aderiram à greve. Mas a população pode ficar tranquila que nenhuma carne sairá dos matadouros sem inspeção”, esclarece Francisco Cesário.

Fonte: Assessoria