Governador inaugura Centro de Triagem no Zoobotânico em Teresina

Piauí passará a contar com um Centro de Triagem de Animais

A partir desta quinta-feira (9), o Piauí passará a contar com um Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), no Parque Zoobotânico de Teresina. O governador Wellington Dias assinou o decreto que cria o projeto Piauí mais Verde, entre outras inaugurações.

Além do Cetas, que receberá animais silvestres de toda espécie da fauna nativa e exótica do país, também serão inaugurados a Academia ao Ar Livre; a Unidade de Produção de Plantas Silvícolas e Ornamentais e a Construção de Alvenaria que garantir maior proteção e segurança aos visitantes do parque.

“O Cetas é uma conquista do governo, considerando que o Piauí não contava com um espaço amplo e totalmente dedicado ao recebimento de animais silvestres. Diariamente, chegam ao Zoobotânico animais de todas as espécies da fauna nativa ou exótica, sobretudo depois que passamos a intensificar a fiscalização na capital e interior do Estado. As capturas são feitas, principalmente, pelos fiscais ambientais da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ibama e Polícia Ambiental, mas os animais podem ser entregues voluntariamente pela população. São macacos-pregos, jabutis, papagaios, gatos do mato, jaguatiricas, dentre outros”, explica o secretário Ziza Carvalho.

A grande maioria dos animais é criada por pessoas que agem de forma ilegal, ou seja, que desconhecem a lei que proíbe a criação de animais silvestre em suas casas. Os animais capturados são levados ao parque para registro junto a Zoobotânico e avaliação que é feita pela equipe de nutricionistas e veterinários.

O Cetas terá como finalidade de recepcionar, criar e tratar os animais silvestres resgatados ou apreendidos pelos órgãos fiscalizadores, assim como, eventualmente, receber animais silvestres de particulares que os mantinham em cativeiro doméstico.

Fonte: Com informações do Portal do Governo