Governadores buscam aprovação de plano emergencial para NO e NE

Governadores do Norte e Nordeste buscam recursos para investimento

O governador Wellington Dias participou de uma reunião no Senado Federal junto com o governador de Sergipe, Jackson Barreto, e representantes dos governos da Paraíba, Acre e Bahia. 

Segundo Wellington, o Senado Federal, através da atuação do presidente Renan Calheiros, desenvolveu um ambiente positivo e como sendo a Casa da Federação abraçou a pauta desses estados, cuja meta é garantir a concretização dos entendimentos feitos a partir das primeiras audiências com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles; o líder do Governa na Câmara, a Casa Civil e até mesmo com o presidente em exercício, Michel Temer

"A proposta do Norte e Nordeste é garantir, no sentido de atendimento emergencial, as condições de contrapartida para investimentos, a exemplo do que corre com o Rio de Janeiro e outros estados. Queremos um auxílio emergencial para essas regiões que, em regra, fizeram o dever de casa e tem uma dívida total de 5%", disse o governador, declarando que medidas como essa evitará o colapso nos serviços.

Segundo Wellington, a proposta desses estados é de que o Governo Federal apresente uma Medida Provisória com auxilio emergencial para as regiões Norte e Nordeste e com a definição de teto limite para contratos de financiamento, prioritairamente, com financiamentos externos e também os 2% do Fundo de Participação dos Estados para os estados a exemplo do que ocorre com os municípios. Essa negociação foi apresentada para os anos de 2017 e 2018.

Na próxima semana, Wellingotn Dias volta a Brasília para tratar desse entendimento com os governadores do Norte e Nordeste, juntamente com as bancadas das duas regiões. "Não se trata de quem é governo e oposição e, sim, da defesa dos interesses legítimos do povo", declara.

Fonte: Com informações do Jornal Extra